quarta-feira, dezembro 30, 2009

Luz, Vida e Amor!

No centro da Rosacruz
Desabrocha a rubra flor
Símbolo que me conduz
Na senda da Luz, Vida e Amor.

Exala um perfume alquímico
Que fica sutil no ar
Impregnando meu corpo anímico
Que faz minh’Alma no infinito levitar.

Entro em contato com o Cósmico
Meu ser é enlevado em poesia
Sou um buscador Místico
Envolto nesta sublime trilogia.

Luz que emana Vida
Vida que emana Amor
Amor é a Luz da Vida
Na mística rubra flor.

Elias Akhenaton

terça-feira, dezembro 15, 2009

Quem sou?


Elias Akhenaton é o pseudônimo de Elias Ferreira da Silva, um pensador, poeta, trovador e haicaista brasileiro de ascendência peruana, de etnias; indígena e cigana, por parte de pai.
  
Um homem simples, corajoso e sincero. Acredita na justiça divina, no amor puro e desinteressado. Respeita e admira as leis da natureza em todos os seus mistérios e belezas. Sabe e admite que como ser humano têm várias manias, defeitos e limitações, mas está sempre disposto a superá-las a cada instante, nos momentos e oportunidades do seu dia a dia, procurando novos aprendizados, ou seja, um eterno aprendiz, um peregrino da vida.

Nascido às margens do Rio Madeira na cidade de Porto Velho, capital do estado de Rondônia, Brasil, dai sua definição de chamar-se também de beradeiro, um pescador de emoções. Começou a escrever poesia na adolescência, tendo publicado em alguns recortes de revistas da época de circulação nacional, como “Capricho” e “Carícia”. “O tempo passa, mas a poesia é eterna... Nunca morreu e nunca morrerá, sempre se eternizará, posto que é concebida no coração de um ser imortal... O poeta.” – Elias Akhenaton.

No dia 01/11/2011, foi nomeado Embaixador Universal da Paz pelo "Circle Universel des Ambassadeurs de la Paix" Suisse/France.

1º lugar no Concurso de Poesia sobre o tema "Natal" realizado pela Comunidade Poesia com Amor na rede social Orkut em dezembro/2011 com o poema intitulado "Soneto de Natal".

3º lugar no 7º Concurso Literário realizado pelo site de poesias Poemas de Amor, participando com o poema " O amor é divino" com 113 votos.
  
Participou das antologias; "Melhores da Poesia Brasileira", lançada no dia 23 junho de 2012 em São Paulo, organizada pelas Embaixatrizes e Poetisas Jane Rossi e Mônica Rosenberg e "Antologia Café com Verso", lançada na 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo no dia 11/08/2012, organizada pela Poetisa Penélope Lsteak.


-**-Elias Akhenaton-**-
“Um peregrino da vida, pescador de emoções.”

quarta-feira, novembro 18, 2009

Bela flor!



















Os teus encantos de bela flor

impregnam meu ser de admiração
pela magia e essência do amor
despertando minha inspiração.

És flor do jardim florido de Deus
que me contagia com Tu’Alma
serena e meiga aos olhos meus
concedendo-me eterna calma.

Teu aroma está no ar do mundo
exalando por todo o continente
um sentimento nobre e profundo
que faz nascer assim reluzente.

Reluzente tal qual um arco íris
aliança de Deus com certeza
com suas nuances de cores sutis
delicada flor de rara beleza!

-**-Elias Akhenaton-**-

segunda-feira, novembro 16, 2009

Luz interior


"Possuímos uma Luz tão
forte em nosso interior,
que ela é capaz de iluminar
nossa grande caminhada
na senda da vida, basta acendê-la,
tornando, assim,
o caminho iluminado
belo como um jardim!
O coração pleno de amor,
com a sensibilidade, ternura
e doçura de uma flor."

Elias Akhenaton.


segunda-feira, outubro 12, 2009

Sorriso de uma criança!


Como é meigo o sorriso de uma criança!
Singelo, igual ao de um anjo querubim
Luz de Deus numa eterna esperança
Num mundo de paz, belo como jardim.

O sorriso de uma criança é verdadeiro
Puro e cheio de ternura como uma flor
Presente divino, é inocente por inteiro
Transmitindo sentimentos de amor.

Sentimentos de amor vindos do coração
Irradiando paz para o nosso bem viver
Despertando-nos plena contemplação
Porque é a face de Deus a nos bendizer.

O sorriso de uma criança vem da alma
Por isso nos emociona com sua confiança
Sensibilidade e docilidade, nos acalma.
Como é cristalino o sorriso de uma criança!

Elias Akhenaton.

sexta-feira, setembro 18, 2009

A estrela da amizade

Ao olhar para o cosmos em
noites de luar,
vejo um céu pleno de estrelas,
cada uma com seu tamanho
e cores a brilhar...

Aquelas que mais brilham
são as que me chamam atenção,
pelas suas magnitudes
despertando minha admiração...

Tal qual o céu no cosmos infinito,
assim é meu coração, um céu estelar,
infinitamente com espaço
para mais estrelas eu amar...

Espaço suficiente para
guardar novas estrelas
sem que se apague o lindo
brilho das demais...

As estrelas que estão guardadas
em meu coração, são todas
aquelas pessoas que fazem parte
da história da minha vida...

Estrelas reais e virtuais,
ambas com suas grandezas,
nomes brilhantes,
sentimentos e belezas...

Mas existe uma que me chama
mais atenção,
aquela que desperta em mim
amor, carinho, atenção e admiração...

Essa estrela tem o seu nome
e se chama...

AMIZADE!

Elias Akhenaton.

terça-feira, setembro 15, 2009

A sensibilidade da poesia

A poesia me encanta com

sua sensibilidade e magia,
verdadeira pedra de Alquimia...
Me acalanta em todos os
momentos do dia...

Inspira-me, falando de sentimentos
que tocam ao coração,
são expressões d’Alma triste ou feliz

recitadas com emoção...
A poesia é a Luz que clareia
meu caminhar,fonte de contemplação

do meu amar, do meu sonhar...
Contemplação que nasce do jardim
secreto de minh’Alma,
na delicadeza de uma mística
rubra flor
com suas suaves pétalas de amor...
A poesia enleva meu espírito a
transcender o universo,como nestes simples traçados

e versejados versos.

Elias Akhenaton.

sua sensibilidade e magia,
verdadeira pedra de Alquimia...
Me acalanta em todos os
momentos do dia...

Inspira-me, falando de sentimentos
que tocam ao coração,
são expressões d’Alma triste ou feliz

recitadas com emoção...
A poesia é a Luz que clareia
meu caminhar,fonte de contemplação

do meu amar, do meu sonhar...
Contemplação que nasce do jardim
secreto de minh’Alma,
na delicadeza de uma mística
rubra flor
com suas suaves pétalas de amor...
A poesia enleva meu espírito a
transcender o universo,
como nestes simples traçados
e versejados versos.

Elias Akhenaton.

domingo, setembro 13, 2009

Teus olhos azuis

Teus olhos azuis cor de anil,
Da cor do mar,
Faz-me amar.
São duas jóias preciosas,
Dois diamantes irradiando;
Luz, meiguice e doçura de
Uma mulher menina
Que me fascina.
Quando olho para os olhos teus,
Sinto a paz que tanto necessito,
Porque mostra um amor puro,
Que sai do teu interior,
Do interior de tua linda alma,
Refletido delicadamente
Pela divina luz dos olhos teus,
Obra prima criada por Deus!

-**-Elias Akhenaton-**-

sábado, agosto 22, 2009

A beleza do amor e da poesia


Quero falar da beleza do amor
Em todos os momentos do dia
Ter na alma a mística flor
E meditar na beleza da poesia.

Quero acalentar sonhos por certo
O poeta e ninguém vivem sem sonhar
Ter o coração plenamente aberto
Para todas as formas de amar.

Agradeço a Deus pela contemplação
Pela luz divina em meu caminho
Ter a poesia como inspiração
Com seus lindos versos de carinho.

O amor está em meus pensamentos
Assim como o versejar da poesia
Combinação perfeita de sentimentos
A me impregnar com sua sintonia.

Elias Akhenaton.